O meu futuro começa aqui...

Orgãos Diretivos

Orgãos Diretivos
NIISAL

Élvio Camacho
Doutorando Élvio Camacho
Presidente

elvio.camacho@isal.pt

Vice-Presidente - Doutorando Nelson Abreu

Secretária - Doutora Teresa Costa

O NIISAL é o órgão singular de direção executiva e de coordenação geral de toda a atividade do Núcleo, a quem compete assegurar, acompanhar e controlar o seu funcionamento.

NIISAL
Núcleo de Investigação do Instituto Superior de Administração e Línguas 

Email: nucleodeinvestigacao@isal.pt

Objetivos

 

a) Elaboração de artigos científicos e respetiva submissão à publicação em revistas nacionais e internacionais;
b) Elaboração de outras publicações, designadamente livros, capítulos de livros, working-papers; 
c) Participação e apresentação de comunicações em conferências e encontros nacionais e internacionais; 
d) Organização de seminários, palestras e conferências; e) Intervenção nos meios de comunicação social.

 

Membros

 

1. O NIISAL é constituído por membros efetivos e membros colaboradores. 
2. São membros efetivos do NIISAL docentes ou investigadores com o grau de Doutor, Especialista ou Mestre. 
3. São membros colaboradores do NIISAL todos aqueles que se disponham a colaborar na prossecução da atividade do núcleo de investigação e cuja proposta de adesão seja aprovada pela Comissão Científica.

 

Missão
Espaço de investigação e de intervenção pública, nos domínios da Gestão e Turismo. 
O NIISAL Núcleo de Investigação do Instituto Superior de Administração e Línguas é um núcleo de investigação do Instituto Superior de Administração e Línguas – ISAL da Região Autónoma da Madeira. A missão do NIISAL é catalisar e impulsionar investigações pioneiras no mundo dos negócios, do turismo e da hotelaria, integrando conhecimentos e métodos em todos os campos da ciência empresarial turística. O NIISAL visa atingir este elevado nível de mérito científico, de padrão de referência internacional, promovendo a qualidade na investigação e desenvolvendo novas redes de colaboração nacional e internacional para melhorar o perfil da unidade de I&D no panorama da investigação, regional, nacional e internacional.
Nesse sentido, a unidade de investigação NIISAL procura apoiar pesquisas fortemente relacionadas com empresas do setor do turismo da hotelaria e mundo empresarial no geral, assim como demais instituições a operar essencialmente na Região Autónoma da Madeira. Visa também aumentar o nível de internacionalização, seja divulgando estudos científicos, como estabelecendo parcerias para investigação e ensino avançado, seja contribuindo com projetos nacionais e internacionais de investigação cientifica. 

 

Comissão Científica

Presidente – Doutor Rui Alves

Secretária - Doutora Teresa Costa

Competências

a) Aprovar e alterar os Regulamentos Internos do NIISAL;
b) Deliberar e aprovar sobre propostas de adesão de novos Membros;
c) Aprovar a política estratégica do Núcleo, sob proposta da Comissão Executiva;
d) Aprovar, em cada ano, o plano de atividades e o orçamento, bem como o relatório de atividades e as contas, documentos a apresentar pela Comissão Executiva; e) Proceder à apreciação de quaisquer assuntos que sejam solicitados pela Comissão Executiva;
f) Aprovar a criação, emitir pareceres e destituir as Coordenações de Investigação específica nos domínios do artigo 1º, bem como as atividades desenvolvidas pelos mesmos.

Comissão Executiva

Presidente – Doutorando Élvio Camacho

Vice-Presidente - Doutorando Nelson Abreu

Secretária – Doutora Teresa Costa

Competências

a) Desenvolver as atividades correntes do Núcleo;
b) Executar as deliberações tomadas pela Comissão Científica;
c) Comunicar aos interessados as decisões quanto às propostas de adesão de novos Membros;
d) Elaborar e executar os Planos de Atividades e Orçamentos anuais do Núcleo, bem como elaborar Relatórios de Atividades e Documentos de Prestação de Contas;
e) Exercer todas as demais funções que lhe sejam cometidas pelos Estatutos ou pela Comissão Científica;

Coordenações de Investigação Específica

a) As Coordenações de Investigação são compostas por um mínimo de dois membros do Núcleo.
b) As atividades desenvolvidas pelas Coordenações são:

    1. Elaboração de artigos científicos e respetiva submissão à publicação em revistas nacionais e internacionais;
    2. Elaboração de outras publicações, designadamente livros, capítulos de livros, working-papers;
    3. Participação e apresentação de comunicações em conferências e encontros nacionais e internacionais;
    4. Organização de seminários, palestras e conferências;
    5. Intervenção nos meios de comunicação social;
c) A publicação e comunicação ao exterior terá de ser submetida à aprovação da Comissão Científica, reunida para o efeito.
d) O não cumprimento do ponto anterior, automaticamente destitui a Coordenação de Investigação, devendo o Presidente da Comissão Científica convocar, nos termos de artigo 8º, todos os membros da Comissão Científica.